Eventos

O presente Encontro Internacional do Grupo Eça é o segundo evento promovido pelo referido grupo de pesquisa do CNPq. Em 2014, realizamos nosso primeiro encontro, na Universidade de São Paulo, somente com os membros do grupo, para apresentar trabalhos sobre a primeira edição de O crime do Padre Amaro, cujo texto está sendo preparado para ser publicado na forma de livro, acompanhado de ensaios críticos dos integrantes do grupo.

Este segundo encontro se abre para a participação de vários estudiosos da obra de Eça de Queirós, ultrapassando as fronteiras do grupo de pesquisa. Tem por foco o romance O primo Basílio, dando continuidade a uma leitura em ordem cronológica da publicação dos principais romances do escritor português.

Graças ao apoio da FAPESP, poderemos contar com a participação de grandes nomes da crítica queirosiana portuguesa, como Carlos Reis e Isabel Pires de Lima, assim como de renomados queirosianos brasileiros, como Elza Miné e Benjamin Abdala Junior, entre vários outros.

Além da FAPESP, o encontro conta com apoio do CELP, Casa de Portugal, UNESP, UFPR, UEL, UEFS, e UFMA.

O evento ocorrerá nos dias 14, 15 e 16 de setembro, na Casa de Portugal (Av. da Liberdade, 602, Centro), 40 vagas. 

Clique no link abaixo para realizar a sua inscrição:

http://celp.fflch.usp.br/node/181" target="_blank">http://celp.fflch.usp.br/node/181

 

Programação

 

14 de setembro de 2016

 

  • Conferência de abertura (9:00-10:00)

Coordenação: Helder Garmes (USP)

  • Isabel Pires de Lima (Universidade do Porto) – Os primos Basílios de Eça de Queirós e Paula Rego
  • Coffee break
  • Mesa Redonda (10:30-12:00) – Eça e outras linguagens

Coordenação: Antonio Augusto Nery (UFPR)

  • José Carvalho Vanzeli (USP) – A política colonialista nos primeiros textos queirosianos
  • José Carlos Siqueira (UFC) – Ler O primo Basílio através do Fausto de Gounod
  • Maria Zilda da Cunha (USP) – O caso do primo Basílio: da narrativa literária à cinematográfica
  • Almoço
  • Mesa Redonda (14:00-15:30) – A recepção de Eça de Queirós

Coordenação: Alana de Oliveira Freitas El Fahl (UEFS)

  • Ana Márcia Siqueira (UFC) – Encenações de violência em O primo Basílio
  • Cristiane Navarrete Tolomei (UFMA) – O primo Basílio no Jornal de Letras, Artes e Ideias (1981-2013)
  • Francisco Maciel Silveira (USP) – Uma sensação nova na imprensa carioca em 1878: O primo Basílio
  • Coffee break
  • Mesa de comunicações (16:00-17:50) – Leituras da ficção queirosiana

Coordenação: Silvio César dos Santos Alves (UEL)

  • Jean Carlos Carniel (UNESP/IBILCE – São José do Rio Preto) – Prosas bárbaras: o insólito em Eça de Queirós e Edgar Allan Poe
  • Thiago Zanotti (USP) - Entre ação e consciência: uma leitura de Teodorico personagem de A Relíquia, de Eça de Queirós
  • Moises Manzano da Silva (UEL) - Julião e Sebastião – a ideologia variante nos discursos de dois personagens coadjuvantes em O primo Basílio
  • Lucas do Prado Freitas (UEL) - O fradiquismo de Basílio...
  • Breno Cesar Goes (PUC-Rio) - "O Fascismo da Língua" e a "Democracia em Literatura" no primo Basílio

15 de setembro de 2016

  • Mesa Redonda (9:00-10:30) – Personagens queirosianas de segundo plano

Coordenação: Cristiane Navarrete Tolomei (UFMA)

  • Márcio Jean Fialho de Sousa (USP) – Perspectivas da subalternidade feminina em O primo Basílio, de Eça de Queirós
  • José Roberto de Andrade (IFBA) - As cozinheiras de Eça de Queirós: O Primo Basílio
  • Alana de Oliveira Freitas El Fahl (UEFS) – Juliana, Dona Plácida e o pão da velhice: Uma leitura de O primo Basílio e Memórias póstumas de Brás Cubas
  • Coffee break
  • Mesa Redonda (11:00-12:30) – Diálogos de Eça com outros autores

Coordenação: Henrique Marques Samyn (UERJ)

  • Paulo Motta Oliveira (USP) – Dois primos: Basílio e Charles Grandet
  • Giorgio de Marchis (Universidade de Roma III) – “O sabor poético de uma vida intensamente amorosa”: o bovarismo em O Primo Basílio e Casa de Pensão
  • Maged. T. A. El Gebaly  (Universidade de Aswan - Egito) - Luísa de O primo Basílio, de Eça de Queirós, e Rita de A cartomante, de Machado de Assis: duas mulheres mortas como cenário de crítica social
  • Almoço (12:30-14:00)
  • Mesa Redonda (14:00-15:50) – Mulheres e o poder em Eça

Coordenação: Luciene Marie Pavanelo (UNESP – São José do Rio Preto)

  • Henrique Marques Samyn (UERJ) - Por que Luísa não cedeu ao Castro? Acerca de um episódio de O primo Basílio
  • Daiane Cristina Pereira (USP) – A morte das mulheres: o caso de Emma, Anna e Luísa
  • Eduíno José de Macedo Orione (UNIFESP) – A micropolítica em O primo Basílio
  • Coffee break
  • Mesa Redonda (16:20-17:50) – Realismo e questões sociais em O primo Basílio

Coordenação: Giorgio de Marchis (Universidade de Roma III)

  • Pedro Schacht Pereira (The Ohio State University) – O Primo Basílio e o sublime africano em Eça de Queirós
  • Flávia Maria Corradin (USP) – Madame: uma leitura baconiana de Os Maias e D. Casmurro?
  • Izabel Margato (PUC-Rio) - Honra e paixão, marcas obsessivas dos personagens de O primo Basílio

16 de setembro de 2016

  • Mesa Redonda (9:00-10:30) – Eça e a Cidade

Coordenação: Patrícia da Silva Cardoso (UFPR)

  • Rosane Gazolla Alves Feitosa (UNESP – Assis) - O primo Basílio (Eça de Queirós): o paradigma do espaço literário realista-naturalista queirosiano
  • Silvio César dos Santos Alves (UEL) - Eça flâneur
  • Mônica Figueiredo (UFRJ/CNPq) - A via-crucis do corpo: o espaço urbano em O primo Basílio
  • Coffee break
  • Mesa Redonda (11:00-12:30) – Adultério? O caso de O primo Basílio

Coordenação: Ana Márcia Siqueira (UFC)

  • Antonio Augusto Nery (UFPR) – Mulheres, educação e casamento em Eça de Queirós: As Farpas em O primo Basílio
  • Danilo Silvério (USP) – O romance como teatro: O Primo Basílio
  • Giuliano Lellis Ito Santos (USP) – “Reticências pudicas”: uma questão narrativa de O primo Basílio
  • Almoço (12:30-14:00)
  • Mesa Redonda (14:00-15:50) – Além de O primo Basílio

Coordenação: José Carlos Siqueira (UFC)

  • Helder Garmes (USP) – O primo Basílio lido por Moniz Barreto
  • Patrícia da Silva Cardoso (UFPR) – Bem e mal é tudo igual?
  • Luciene Marie Pavanelo (UNESP – São José do Rio Preto) - O patriotismo finissecular em Eça: passado e presente questionados na Torre que rachava mostrando dentro um montão ignorado de lixo
  • Benjamin Abdala Júnior (USP) – Eça e Saramago: relações críticas entre literatura e religiosidade
  • Coffee break
  • Conferência de encerramento (16:30-17:30)

Coordenação: Giuliano Lellis Ito Santos (USP)

  • Carlos Reis (Universidade de Coimbra) – Figurações queirosianas: a personagem n’A correspondência de Fradique Mendes